28.10

2013

Campanhas nacionais de estímulo às doações multiplicam-se pelo mundo

Postado por

Um dia para o comércio já bastante conhecido nos Estados Unido, a Black Friday (sexta-feira negra) começa a chegar também no Brasil e, ano passado, movimentou milhões reais. Seguindo esse exemplo, os EUA criaram a Giving Tuesday, “terça-feira da doação”, campanha que neste ano chega ao Canadá e Austrália e se junta à já famosa espanhola SOMOS. Neste texto, detalhamos um pouco essas quatro campanhas, que servem de modelo e exemplo para buscarmos um modelo brasileiro de incentivo às doações e à participação cidadã.

Na Espanha, lideradas pela Associação Espanhola de Fundraising (AEFr), 35 organizações da sociedade civil, pequenas e grandes, e com o patrocínio da Bain&Company, realizaram em maio deste ano a segunda edição da campanha SOMOS. O objetivo principal era promover a cultura da doação e agradecer os sete milhões e meios de doadores no país. Dentre as personalidades que apoiaram a SOMOS na Espanha está o técnico da seleção espanhola de futebol, Vicente del Bosque.

Já no Canadá, a campanha GivingTuesday será realizada este pela primeira vez no dia 03 de dezembro, seguindo as datas comerciais já tradicionais Black Friday e Cyber Monday. A proposta é difundir a ideia de que, depois de dois dias bons para a economia, os indivíduos podem colaborar com um dia boa para a comunidade. No Canadá são 15 as organizações que se uniram para lançar o GivingTuesday, dentre as quais se encontra a Association of Fundraising Professionals.

O mesmo motivo está levando a Austrália a também realizar este ano a GivingTuesday pela primeira vez. Com vários parceiros envolvidos, o GivingTuesday Austrália segue o modelo americano e não recebe doações, mas reúne as organizações da sociedade civil e promove que mais pessoas doem, gerando maior conscientização social.

Finalmente, nos Estados Unidos, que iniciou ano passado a GivingTuesday, duas mil e quinhentas organizações se uniram e conquistaram no dia um aumento de 50% das doações onlines, o que garantiu ao movimento o prêmio de inovação social do ano. Do sucesso da campanha americana, noticiada aqui na ABCR ano passado, surgiram às australianas e canadense,mostrando seu potencial de replicabilidade.

No Brasil, a ABCR está atenta a movimentos que começam a se organizar para criar por aqui uma campanha nacional de estímulo à doação e a importância das pessoas contribuírem com as organizações da sociedade civil. Contribuiremos e as estimularemos sempre!

Fonte: ABCR

Compartilhe:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter